Poda, Desfolhamento e Desbaste da Videira

A poda é uma das técnicas mais importantes de cultivo da videira. A poda de videiras é dividida em duas categorias principais: Podas de modelagem e podas balanceadas

Podas de modelagem incluem todas as podas necessárias para treinar as videiras e criar seu formato preferido. Elas estão explicadas no capítulo anterior.

As podas balanceadas são divididas em:

Poda dormente e poda de verão 

Produtores fazem a poda dormente para ajudar a planta a desenvolver a frutificação ótima da próxima temporada contra o equilíbrio de germinação.

Durante o período de dormência, após a queda das folhas e antes do broto romper, os produtores tiram uma grande quantidade de madeira, deixando a videira com apenas um pequeno número de brotos. O número exato de brotos que ficam depende da variedade e das condições ambientais e de solo. Geralmente, para algumas variedades com a Cinsault, os produtores preferem fazer uma poda relativamente pesada das videiras, mantendo 2-3 brotos. Por outro lado, para variedades famosas como a Cabernet Sauvignon e Merlot, eles preferem manter cerca de 10 brotos.

Como regra geral, se fizermos uma poda extremamente pesada, os brotos remanescentes irão produzir menos ramos, porém com uma maior taxa de crescimento. Por outro lado, se não fizemos uma poda suficiente em nossas videiras, o grande número de brotos que sobrarem irão dar muitos bastões de frutificação. Isso pode parecer ótimo, mas não é. Se a planta produz muitos frutos, a qualidade desses frutos será baixa. É importante entender que a quantidade de frutos produzidos por videira é inversamente relacionada com a qualidade final das uvas. Além do mais, a hora da pode é importante. Se fizermos a poda das videiras muito cedo, nós aumentamos o perigo de doenças e danos pelo gelo. Por outro lado, usos tardios da poda provavelmente irão resultar no atraso do brotamento da planta.

Fazer a poda de videiras não é um procedimento fácil e requer anos de experiência. A poda é feita ao usar ganchos especiais de poda e fazendo cortes com ângulo de 45 graus opostos ao último broto (pergunte a seu agrônomo local licenciado). Devemos ter cuidado para não deixar grandes feridas na madeira. Se deixarmos, devemos lembrar de aplicar substâncias desinfetantes nas feridas, já que há um alto risco de infecções patogênicas.

A categoria da segunda poda inclui todas podas de verão. Nessa etapa, os produtores têm a chance de corrigir quaisquer omissões ou erros de podas dormentes. Ao mesmo tempo, eles removem alguns cachos de flores e folhagem. Portanto, as podas de verão são divididas em:

Brotamento secundário  

Ao fazer o brotamento secundário, simplesmente nos referimos à remoção dos ramos jovens logo após seu brotamento. Os ramos removidos são aqueles desenvolvidos em posições indesejadas ou aquelas desenvolvidas de brotos dormentes. O motivo de removermos os ramos em uma etapa inicial do desenvolvimento é para evitar machucar a planta mais tarde (ao removê-las enquanto ainda estão grossos e fortes).

Entretanto, é importante saber quantos desses ramos serão removidos, dependendo das características da planta. Por exemplo, para plantas muito vigorosas, os produtores removem um número pequeno ou médio de ramos. Uma maior quantidade de remoção irá levar ao super desenvolvimento de ramos primários. Como resultado, a videira irá ter muita folhagem, causando uma sobreposição e uma necrose grupal das hastes. O brotamento secundário é feito manualmente pois é difícil para uma máquina decidir quais ramos precisam ser removidos e quais não.

Remoção das Bordas

Ao remover as bordas, nos referimos a fazer a poda de uma parte das bordas das hastes. Essa técnica é bem importante e possui diferentes efeitos na planta se forem feitas durante diferentes fases do desenvolvimento. Em todos os casos, nosso objetivo é forçar a planta a periodicamente parar o desenvolvimento da sua nervura e transferir mais nutrientes para suas partes reprodutivas. Mais especificamente, ao aplicar a remoção das bordas alguns dias antes do florescimento, levamos à planta a transferir seus nutrientes para os cachos de flores. As variedades com maiores chances de queda de flores, podem se beneficiar significantemente. Porém, o timing é muito importante. Se fizermos a remoção de bordas em um estágio muito inicial, a planta irá começar a crescer suas gemas primárias mais intensamente. Isso, é claro, não é uma condição desejável, já que isso levará a uma maior competição.

Se fizermos a remoção de bordas durante as etapas iniciais da maturação dos frutos, quando as uvas possuem um tamanho similar a uma lentilha, a planta irá transferir mais nutrientes às uvas, aumentando suas qualidades. Além do mais, ao remover as bordas das videiras durante essa etapa, removemos uma quantidade significativa de vegetação, levando a uma redução do peso da planta e a facilidade de aplicações, sejam manuais ou mecânicas. A remoção das bordas é feita ou manualmente ou mecanicamente por tratores de poda. 

Desfolhação

Os produtores geralmente fazem a desfolhação manualmente das plantas por dois motivos principais. O primeiro é para melhorar a aeração da plantação. A segunda é para facilitar a pulverização da colheita contra várias pragas e doenças. Ao desfolhar, ajudamos algumas substâncias pulverizadas a entrar em contato direto com as uvas. Em variedades vermelhas, os produtores também fazem a desfolhação para que as uvas tenham acesso direto à luz solar e adquiram uma coloração vermelha intensa. Como regra geral, devemos fazer a desfolhação em várias etapas, porém a mais comum é 1,5 mês após a colheita (peça a seu agrônomo local licenciado).

Desbaste de Grupo   

O desbaste de grupo é mais comumente feito em variedades de vinificação. Essa técnica envolve a remoção de alguns grupos de frutificação imaturos quando a produção é muito grande a planta não consegue sustentá-la, levando às uvas a diminuir em qualidade. Geralmente, na maioria dos vinhedos europeus que produzem vinhos de alta qualidade, os produtores escolhem qualidade ao invés de quantidade. Temos casos em que produtores removem a maior parte dos grupos de frutificação da videira, deixando apenas um pequeno número na planta. Eles dizem que é essa técnica que leva suas videiras a aguentarem e serem vendidas a preços tão altos.

Desbaste de Baga

Essa técnica inclui a remoção de bagas quando os grupos estão muito espessos e as bagas se deformam e diminuem para caberem ali. Na maioria das variedades de mesa, os produtores removem parte dos grupos para criar espaço para as bagas crescerem apropriadamente. Além disso, o desbaste previne que grupos compactos tenham infecções fúngicas por conta de aeração não-apropriada entre as bagas.

Entretanto, todos esses são apenas sugestões comuns que não devem ser seguidos sem que você faça sua própria pesquisa. Cada planta é diferente e precisa de uma combinação única de poda dormente e de verão. Você pode buscar conselho do seu agrônomo local licenciado.

Você pode enriquecer esse artigo deixando um comentário ou uma foto das suas técnicas de poda dormente e de verão.

Definição de Viticultura – O que é a Viticultura?

Fatos Rápidos sobre as Uvas

Benefícios a Saúde das Uvas

Informação da Planta da Uva

Cultivo de uva – Cultivando Comercialmente Uvas

Escolhendo as Variedades de Uva

Requisitos do Solo e Preparação para a Plantação da Videira

Plantio de Videiras e Espaçamento da planta – Número de plantas por hectare

Sistemas e Métodos de Treinamento de Uvas

Poda, Desfolhamento e Desbaste da Videira

Irrigação de Uvas e Gerenciamento de Água

Manejo dos Fertilizantes das Uvas

Doenças e Pragas Comuns das Videiras

Colheita da Uva – Quando e Como fazer a Colheita do seu Vinhedo

Rendimento de Uva por Hectare

O uso da Tecnologia na Viticultura Contemporânea

Você tem experiência em Viticultura comercial? Por favor, compartilhe sua experiência, métodos e práticas nos comentários abaixo. Todo o conteúdo que você adicionar será analisado em breve por nossos agrônomos. Assim que aprovado, ele será adicionado à Wikifarmer.com e isso irá influenciar positivamente milhares de fazendeiros novatos e experientes por todo o mundo.

Esta publicação também está disponível em: enEnglish esEspañol frFrançais arالعربية deDeutsch ruРусский elΕλληνικα trTürkçe hiहिन्दी viTiếng Việt idIndonesia

Equipe Editorial do Wikifarmer
Equipe Editorial do Wikifarmer

Wikifarmer é a maior Biblioteca de Agricultura Online Gerada pelo Usuário, que ajuda todos os agricultores em todo o planeta a encontrar informações valiosas sobre suas culturas existentes ou potenciais e criação de gado. O usuário é o único responsável pelo uso, avaliação, análise e utilização de qualquer informação fornecida neste site. Qualquer negócio ou outras decisões tomadas em tais informações é de inteira responsabilidade do usuário e o Wikifarmer.com não é obrigado a cobrir prejuízos decorrentes do uso das informações fornecidas através deste site.