O que é Cultivo Sustentável?

A Agricultura Sustentável é uma filosofia e um conjunto de práticas que juntos atendem a três condições diferentes:

  • Respeitar o meio ambiente e proteger os recursos naturais
  • Garantir uma renda justa e adequada para os agricultores hoje
  • Não comprometer a capacidade das próximas gerações de viver na agricultura e de ter uma renda juta e adequada também no futuro.

Há milhares de exemplos e diferentes aspectos da agricultura sustentável. Como uma filosofia geral, adotar a agricultura sustentável significa que você pode produzir um rendimento adequado em uma cultura específica, mas ao mesmo tempo não poluir o meio ambiente (solo, ar, água), não esgotar nenhum recurso natural e não prejudicar o ecossistema e a biodiversidade com suas ações. Construir solo saudável para os próximos anos, reciclar, minimizar o desperdício de todos os tipos e racionalizar o uso dos recursos hídricos também são princípios da agricultura sustentável.

Exemplo: Pulverizar com um herbicida de amplo espectro sem saber as consequências não é um método compatível com a agricultura sustentável, pois matará instantaneamente muitas espécies diferentes de plantas e insetos. Ao mesmo tempo, a maioria deles não pode ser perigoso para a sua cultura. Por outro lado, descobriu-se que a rotação de culturas melhora o solo, suprime as ervas daninhas e reduz a população de ervas daninhas. Portanto, a rotação de culturas é um método que busca o mesmo resultado do método anterior (pulverização com um herbicida de amplo espectro), mas é compatível com a agricultura sustentável porque respeita o meio ambiente e promove a biodiversidade.

Qual é o maior obstáculo ao estabelecimento de uma agricultura sustentável?

O maior obstáculo ao desenvolvimento da agricultura sustentável é a falta de educação, e o segundo maior é a falta de capital por parte dos agricultores. Por um lado, os agricultores podem não saber as consequências de não estabelecer uma agricultura sustentável, por isso continuam aplicando os antigos métodos tradicionais que degradam os recursos naturais e poluem o meio ambiente. Por outro lado, alguns outros podem não ser capazes de aplicar práticas de agricultura sustentável devido à falta de capital. O estabelecimento de métodos de agricultura sustentável requer milhares de pequenas etapas que juntas, levarão o agricultor para o próximo nível dentro de três a quatro anos. Contudo, alguns agricultores não podem esperar tanto tempo e dependem apenas da renda deste ano.

Por exemplo, quando um agricultor vê que uma erva daninha perigosa apareceu dentro da cultura e compete fortemente com as plantas, é muito mais fácil pulverizar imediatamente com um herbicida de amplo espectro para salvar a cultura deste ano, no lugar de projetar uma estratégia para suprimir gradualmente as ervas daninhas por meio das práticas de agricultura sustentável. Governos, instituições e formuladores de políticas são responsáveis por formar um plano realista para investir em treinamento, subsidiar a produção e incentivar os agricultores que adotam práticas de agricultura sustentável. O público em geral também pode recompensar as práticas agrícolas sustentáveis mudando o comportamento do consumidor, mostrando uma clara preferência pelos produtores que aplicam as práticas da agricultura sustentável.

Esta publicação também está disponível em: English Español Français Deutsch Nederlands हिन्दी العربية Türkçe 简体中文 Русский Italiano Ελληνικά Tiếng Việt Indonesia 한국어

NOSSOS PARCEIROS

Unimos forças com ONGs, universidades e outras organizações globalmente para cumprir nossa missão comum de sustentabilidade e bem-estar humano.