Informações sobre pessegueiros, seleção de variedades e requisitos ambientais

Informações sobre Pessegueiros

O pessegueiro é uma árvore caducifólia (perde as folhas sazonalmente) e pode atingir até 7,6 m de altura se não for podado. Pertence à família Rosaceae, gênero Prunus, que também inclui amendoeiras, cerejeiras e outras árvores populares e na mesma espécie Prunus persica como nectarinas.

O pessegueiro tem folhas lanceoladas de comprimento médio de 7 a 16 cm. Durante o início da primavera, floresce, produzindo belas flores rosa com cinco pétalas, individuais ou em pares. As flores emergem dos botões florais e se desenvolvem nas axilas das folhas antes da folhagem da árvore. Os frutos estão geralmente maduros desde o final da primavera até meados do verão e, botanicamente, são chamados de drupas. O fruto do pêssego tem polpa doce, aromática, amarela e avermelhada. A casca da fruta pode ser branco-rosada, amarela, laranja ou vermelha, com ou sem penugem. Pêssego e nectarina são, na verdade, da mesma espécie. O que os distingue é a ausência de penugem na casca das nectarinas. A fruta contém uma única semente dentro de uma casca lenhosa conhecida como caroço.

O pessegueiro médio entra em período produtivo do 2º ao 4º ano, mas rendimentos satisfatórios geralmente podem ser obtidos após o 5º ano de estabelecimento. Sua expectativa produtiva é estimada em cerca de 10-15 anos ou mais. Um produtor tem que ser paciente e, claro, proativo para arcar com os custos dos primeiros anos sem esperar uma renda notável (por exemplo, uma ideia é ter mais de uma safra no campo junto com os pessegueiros jovens). 

Seleção de variedades e requisitos ambientais de pessegueiros

Existem centenas de diferentes variedades de pêssego disponíveis no mercado (viveiros), que se agrupam principalmente em dois tipos:

  • Freestones: No caso dessas variedades, a carne se desprende facilmente do caroço/poço, tem uma cor mais escura, sendo preferida para consumo cru ou congelamento.
  • Clingstones: A separação da polpa do caroço é mais difícil, e os pêssegos deste tipo são geralmente utilizados na indústria de processamento (conservas).

É crucial escolher as variedades de pêssego que prosperam em sua área e atendem melhor aos requisitos de qualidade do mercado-alvo. Em segundo lugar, você deve pensar no método de treinamento para suas árvores. Este procedimento é crítico porque diferentes variedades e formas dão diferentes rendimentos e qualidade. As variedades mais populares de freestone são as variedades amarelas frescas. Algumas variedades que prevalecem no mercado são Red Heaven, Elegant Lady, Improved Elderta, Madison, Contender, Creastheaven, Glohaven e O-Henry. A maioria das variedades comerciais de pêssego são auto-frutíferas, ou seja, não precisam da polinização cruzada de outra variedade para serem fertilizadas e produzirem frutos. No entanto, existem referências que mencionam que maiores rendimentos foram alcançados quando mais de uma variedade (compatível) de pêssego foi plantada em um campo. 

A maioria dos pessegueiros são enxertados em porta-enxertos. Lovell e Halford são comumente usados em regiões do meio do Atlântico. Variedades anãs geralmente não são preferidas porque dão árvores com expectativa de vida mais curta. Os porta-enxertos Cadaman, Atlas, Viking e Bright’s Hybrid 5 são preferidos em campos com solos alcalinos. Finalmente, os porta-enxertos de mudas de Bailey são preferidos para aumentar a resistência do inverno à variedade principal. 

O fator restritivo ao cultivar pêssegos é o clima. A planta prospera em áreas caracterizadas por invernos frios e verões quentes e secos. No entanto, o pessegueiro é a árvore de caroço que menos tolera as baixas temperaturas e o frio. Pode crescer com sucesso na área das Zonas 4 a 9 do USDA, mas prospera nas Zonas 6 e 7. Regiões com temperaturas muito baixas durante o inverno ou com alta umidade relativa durante o verão (áreas tropicais) devem ser evitadas, pois as árvores provavelmente sofrerão de dano de geada (morte de broto) e infecções fúngicas, respectivamente. Alguns dos principais países produtores de pêssego atualmente são a China (país de origem da cultura), Itália, Espanha, Grécia e Estados Unidos (principalmente Califórnia). 

Como outras árvores frutíferas, os pessegueiros têm requisitos específicos de frio para a quebra de dormência. Para aumentar a floração e o rendimento, os pessegueiros precisam ser expostos a 250-1.000 horas de temperaturas abaixo de 7 °C, com a temperatura mais efetiva variando entre 0-10 °C. Se essas necessidades não forem satisfeitas, os botões florais da árvore morrerão, causando enormes perdas na produção. Além disso, dependendo da cultivar, a planta tolera baixas temperaturas invernais quando está em repouso. Ainda assim, os botões florais apresentarão danos significativos de -2 a -3 °C e serão mortos se temperaturas abaixo de -4 °C prevalecerem por mais de 30 minutos. No entanto, algumas variedades resistentes relativamente ao frio podem sobreviver e crescer nas zonas de resistência 3 e 4, como Reliance, Contender e Intrepid, enquanto outras, como Scout, Veteran, Redheaven e Westcot, têm um desempenho relativamente bom em tais climas.

Por outro lado, os pêssegos podem ser danificados quando as temperaturas do verão sobem acima de 35 °C. Igualmente crucial para um pessegueiro é ter acesso desbloqueado à luz solar direta por pelo menos 8 horas diárias. A falta de exposição ao sol reduzirá as características qualitativas dos frutos. Chuvas frequentes e clima frio durante a floração deterioram a atividade de polinização cruzada das abelhas. Isso resulta em menor frutificação e produção.

 

Referências:

Lockwood, D. W., & Coston, D. C. (2005). Peach tree physiology. Southeastern Peach Growers Handbook, Cooperative Extension Service, University of Georgia. Athens, Georgia, US, 5-7.

 

Pragas e Doenças do Pêssego

Produção de pêssego por hectare, métodos de colheita e armazenamento

Requisitos de fertilizantes para pessegueiros

Irrigação de Pessegueiros – De quanta água os pessegueiros precisam?

Como Cortar e Podar Pessegueiros

Propagação e polinização de pessegueiros

Requisitos de Solo de Pessegueiro, Preparação do Solo e Plantio

Cultivo de Pessegueiros para Lucro – Guia de Cultivo de Pêssego

Como cultivar pêssegos a partir da semente (caroço)

Informações sobre pessegueiros, seleção de variedades e requisitos ambientais

Fatos, usos, valor nutricional e benefícios para a saúde dos pêssegos

NOSSOS PARCEIROS

Unimos forças com ONGs, universidades e outras organizações globalmente para cumprir nossa missão comum de sustentabilidade e bem-estar humano.