Extração de mel

Coleta do mel da colmeia – Noções Básicas da Extração do Mel

 

O mel pode ser colhido de duas formas principais: Favo e Mel Extraído. O favo de mel é o tipo de mel que é colhido exatamente como as abelhas o criaram. O apicultor colhe o favo que está cheio de mel. O favo inteiro com o mel é comestível, delicioso, nutritivo e pode ser comercializado a preços elevados. No entanto, a colheita deste tipo de mel requer experiência, gestão especial, a presença de uma colônia forte e finalmente a produção de néctar alta na área. Consequentemente, na maioria das vezes novos apicultores praticam o processo de extração do mel padrão por alguns anos, antes de tentar a produção do Favo de Mel.

A extração do mel é o processo em que colhemos o mel dos favos de mel selados com o mel maduro. Em poucas palavras, selecionamos cuidadosamente os quadros que estão prontos para serem colhidos. Nós removemos as abelhas e transferimos os quadros para um espaço interior, onde as abelhas ou outros insetos não possam entrar. Em seguida, usamos uma faca aquecida ou outra ferramenta especial para remover com cuidado a cera do quadro. Em seguida, colocamos nossos quadros no extrator de mel. O extrator de mel é um dispositivo que utiliza a força centrífuga e – como resultado- o mel puro dos quadros flui nos nossos frascos.

A extração do mel geralmente ocorre durante os meses do verão e outono, sempre após a produção de néctar das principais plantas na nossa área. O apicultor decide quantos (e quais) favos de mel serão removidos. Os apicultores deixam 44 libras (20 kg) por colmeia nos climas amenos e até 130 libras (60 kg) nas regiões com inverno muito rigoroso, para que a colônia possa lidar com problemas causados pela falta de alimentos, mau tempo ou seca. Decidir qual quadro selecionar para extração requer experiência. Os apicultores geralmente escolhem um quadro quando o favo de mel contém mel e está selado, tampado pelas abelhas como um todo ou 75% da superfície do quadro. Se mais de 1/4 da superfície do favo está sem lacre, isso provavelmente significa que o mel não está pronto para ser colhido, porque ele não está desidratado em níveis adequados e não sofreu o processo bioquímico completo da enzima. Se procedermos com a extração de tal quadro, nosso produto final terá uma aparência e gosto mais como um xarope aguado e menos com o gosto de mel. Após muitos anos de prática, alguns apicultores podem reconhecer a existência de mel maduro em algumas células sem lacre e proceder à extração daqueles quadros, mas novos apicultores são fortemente aconselhados a não arriscar.

Antes de começarmos a remover os quadros dentro da colmeia, deveríamos ter em mente que, durante a colheita do mel, as abelhas são muito defensivas com seu mel e, portanto, são muito agressivas aos intrusos. Fragrâncias e odores fortes, tornam as abelhas ainda mais agressivas. É uma boa ideia como um apicultor evitar o uso de qualquer fragrância, especialmente no dia da colheita do mel. Neste dia, os apicultores sempre usam o equipamento completo (luvas incluídas). Começamos fumigando a colmeia com um fumigador de abelha (isso pode não ser permitido em alguns países). Fazemos isto para acalmar as abelhas. Podemos colocar simplesmente folhas de abeto dentro do defumador – nada tóxico. Descobriu-se que o fumigador acalma as abelhas, porque não permite que as abelhas espalhem rapidamente os feromônios “alarmantes”, os feromônios que declaram que “nós temos um intruso na nossa colônia e devemos atacar”. Assim, a maioria das abelhas fica confusa, elas não recebem a mensagem e elas ficam calmas, permitindo que o apicultor faça a colheita do mel ou inspeção da colmeia sem grandes problemas.

Nós, em seguida, agitamos a caixa dentro da célula para que a maioria das abelhas voe para longe. Nós descartamos o resto com o pincel de apicultura (que pode ser umedecido antes com água). Isto pode não ser tão fácil como parece. As abelhas sabem muito bem que o apicultor está prestes a “roubar” um produto valioso e podem ser persistentes. Existem várias técnicas para se livrar de abelhas durante a colheita do mel.

Então, cuidadosamente coloque o quadro em uma colmeia vazia e cobra-o. Nós fazemos o mesmo para todos os quadros e podemos transportá-los para nosso espaço interior (onde a extração do mel será feita). É importante que o nosso lugar esteja limpo, tenha eletricidade e água, é bem iluminado e ventilado e claro, sem que as abelhas ou outros insetos possam entrar. Alguns jovens apicultores – devido ao fato de que eles não podem ter seu próprio espaço – muitas vezes fazer a extração do mel ao ar livre, e alguns deles fazem isso até mesmo ao lado das colmeias. Isso certamente vai criar muitos problemas e deve ser evitado definitivamente. A extração do mel segura pode ocorrer apenas em um lugar interior.

Nós podemos deixar os quadros dentro das colmeias vazias por alguns dias, antes de fazer a extração do mel.

As ferramentas básicas que precisamos ter em estoque para a extração do mel são: uma bancada antiincrustante, um extrator de mel de inox de 4 quadros (existem elétricos a um custo de 400-1000 dólares e manuais a um custo de 250 dólares), uma faca para descascar, um garfo de madeira ou plástico antiincrustante, um filtro com peneira dupla de mel, um caldeirão de maturação com torneira e claro, latas ou frascos para colocar nosso mel. Nós podemos pedir emprestado um extrator de mel e o resto do equipamento a um amigo ou uma associação de apicultura local.

Nós colocamos nossos quadros na bancada antiincrustante. Então temos que cortar a cera que cobre os quadros, caso contrário o mel fica “preso” dentro das células e não podem ser extraído. Nós podemos usar a faca elétrica desoperculadora ou outra ferramenta de modo a remover a cera e não destruir as células do favo de mel. Se a faca está aquecida, todo o processo de remoção da cera ocorrerá mais facilmente e de forma suave.

Nós fazemos o mesmo para todos os quadros e então podemos transferi-los para o extrator de mel. Nós começamos o extrator em velocidade baixa até que ele comece a soltar muito mel e, então nós gradualmente aceleramos, em seguida podemos parar e virar os quadros do outro lado, fazendo a mesma coisa.

Assim que terminarmos com a extração do mel, vamos abrir a torneira e deixar o mel passar através do filtro nos potes de mel. O filtro é usado para separar mel cru de outros materiais (pedaços de cera pequenos etc.) que ainda possam existir. Nós podemos armazenar o mel até seu consumo ou venda. O mel é sempre armazenado em frascos que são hermeticamente fechados, uma vez que o produto pode absorver a umidade do ar e ser fermentado.

Você pode enriquecer este artigo deixando um comentário ou uma foto dos seus métodos e equipamentos de colheita de mel.

1.) Apicultura para Iniciantes

2.) Sociedade das abelhas

3.) Como as abelhas fazem o mel?

4.) Material para Apicultura

5.) Abelha – Escolha do Local

6.) Como alimentar as abelhas

7.) Enxameação das Abelhas

8.) Preparação das Colmeias para o Inverno

9.) Extração de mel

10.) Pragas e Doenças Comuns das Abelhas

11.) Principais Pragas das Abelhas

12.) Principais Doenças das Abelhas

13.) Envenenamento das Abelhas por Pesticidas

14.) Apicultura – Perguntas e Respostas

Você tem experiência em Apicultura? Por favor, compartilhe sua experiência, métodos e práticas nos comentários abaixo.

Todo o conteúdo que você adicionar será revisado brevemente pelos nossos engenheiros agrônomos. Uma vez aprovado, ele será adicionado ao Wikifarmer.com e influenciará positivamente milhares de agricultores novos e experientes em todo o mundo.

Esta publicação também está disponível em: enEnglish esEspañol frFrançais arالعربية deDeutsch ruРусский elΕλληνικα hiहिन्दी viTiếng Việt

Equipe Editorial do Wikifarmer
Equipe Editorial do Wikifarmer

Wikifarmer é a maior Biblioteca de Agricultura Online Gerada pelo Usuário, que ajuda todos os agricultores em todo o planeta a encontrar informações valiosas sobre suas culturas existentes ou potenciais e criação de gado. O usuário é o único responsável pelo uso, avaliação, análise e utilização de qualquer informação fornecida neste site. Qualquer negócio ou outras decisões tomadas em tais informações é de inteira responsabilidade do usuário e o Wikifarmer.com não é obrigado a cobrir prejuízos decorrentes do uso das informações fornecidas através deste site.