Comida de porco

Como alimentar Porcos – Noções Básicas de Alimentação de Porcos – O que os Porcos comem

Até hoje em dia, existe um debate em curso sobre qual seria o programa alimentar adequado para o porco. Existem principalmente duas abordagens diferentes, “Pasto” vs. “Comida Comercial de Porco”.

Os adeptos da abordagem “Pasto” baseam a dieta dos seus porcos no pasto em percentagem igual ou superior a 70%. Com certeza o porco médio pode não só sobreviver, mas também ganhar peso e viver de forma saudável quando ele come apenas pasto e bebe água. Sob este regime de dieta, os porcos sobreviveram na natureza há séculos. Com o termo pasto, nós definimos uma ampla gama de espécies de plantas: grama, trevo, alfafa (Medicago sativa), chicória, leguminosas, brassica, arbustos, árvores jovens, etc. A biodiversidade das pastagens está diretamente relacionada à qualidade dos alimentos consumidos (comida mais diversificada – melhor qualidade). No entanto, não é seguro deixar seus porcos comerem qualquer planta não identificada. Descobriu-se que algumas espécies de Rhododendron e outras plantas ornamentais (Azaleia, Gerânio) e arbustos são tóxicos para os porcos e podem resultar em situações de ameaças de morte depois que eles comem ainda que uma folha pequena. Também descobriu-se que folhas de beladona (batata e tomate) são tóxicas em alguns casos. Em todos os casos, um futuro proprietário de porcos deve realizar uma pesquisa no local para descobrir as plantas que podem ser tóxicas aos porcos.

Ainda que a escola que defende a pastagem esteja ganhando terreno, mesmo os maiores defensores do “Pasto” admitem que o crescimento dos seus porcos é severamente inibido quando eles são alimentados somente com pasto. Esta é a razão pela qual suinocultores com experiência adicionam outros alimentos (por exemplo, ovos cozidos ou outros alimentos ricos em proteínas) para enriquecer a dieta dos seus porcos de pastagem.

Por outro lado, os defensores da “Comida Comercial de Porco” afirmam que – ao contrário da vaca- o porco é um animal monogástricos e é contra sua natureza comer pasto em 70% ou mais da sua dieta. Estes suinocultores dependem as comidas de pré-misturada comercial de porco (pelotas), que ajustam os níveis de proteína. Eles afirmam que os porcos devem ser alimentados com 15-18% de proteína bruta. Sob tal regime alimentar, o porco médio pesa 50 libras (22 kg) tendo 7 semanas de idade e terá um peso de 230 libras (100 kg) tendo 20 semanas de idade. As comidas comerciais contemporânea contêm ingredientes, incluindo a proteína de origem vegetal (trigo, cevada, ervilhas, arroz gergelim, milho, soja), vegetais, probióticos, mais vitaminas, minerais e traços de outros nutrientes para otimizar o desempenho do porco (crescimento rápido, minimização de resíduos). Especialmente os grãos têm gerado muita atenção. Muitos suinocultores afirmam que os grãos – se colocados na dieta de um porco a uma percentagem de 15-20%-ajuda o porco a produzir uma carne de melhor qualidade, entre outros benefícios. A lisina também é muito importante para a criação de porcos para carne. Ajuda a promover o crescimento e desenvolvimento dos músculos. Algumas comidas de porco concentradas contêm 40% de proteína bruta e 2,5% de lisina. Assim, os suinocultores muitas vezes misturam 100 quilos de concentrado com 300 quilos de fubá de milho e, desta forma, a proteína e lisina irão ajustar a níveis desejados.

Hoje em dia, os partidários de ambas as abordagens frequentemente adicionam outros produtos para dieta dos porcos, como por exemplo batatas, cenouras cozidas, abóbora, maçãs, restos de comidas cozidas (exceto carne e peixe). Muitos suinocultores também dão leite de cabra para os porcos em uma base diária.

Antes da prevalência no século XX das comidas de porco comerciais, os suinocultores antigos constumavam basear a dieta dos seus porcos inteiramente em milho, leite de cabra, ovos cozidos, cenouras cozidas e muitas frutas (principalmente as maçãs e abóboras). Eles costumavam oferecer uma mistura dos alimentos acima para os porcos e permitiam a eles comer 2, 3 ou até mesmo 4 vezes por dia (mas 3 vezes por dia é o mínimo durante as geadas de inverno) por apenas 15 minutos de cada vez.

O porco também precisa ter acesso à água potável 24 horas por dia. O porco médio bebe 3 galões de água (11 L) todos os dias. Se nós notarmos que um dos nossos porcos não está consumindo água para 5-6 horas mais ou menos, nós devemos entrar em contato com um veterinário licenciado logo que possível.

Sendo assim, não existe uma resposta única à pergunta “como alimentar os porcos”. Isso depende da razão pela qual você está criando porcos (carne versus. estimação), do que você tem disponível, se você tem um campo grande para produzir diversas pastagens ricas, que tipo de ingredientes ou alimentos você pode encontrar na sua região a um bom preço, etc. Um suinocultor inexperiente deve consultar especialistas locais, suinocultores locais ou sindicatos, o veterinário local e/ou engenheiro agrônomo para formar um programa anual de alimentação racional e ser informado sobre plantas tóxicas e arbustos que são comumente encontrados na região. Leia mais em Plantas Venenosas para Criação.

Você pode enriquecer este artigo deixando um comentário ou foto da comida dos seus porcos.

1.) Como criar porcos passo a passo

2.) Alojamento dos Porcos – Projetando a Fazenda dos Porcos

3.) Como selecionar porcos para carne ou como animais de estimação

4.) Comida de porco

5.) Sintomas, Doenças e Saúde dos Porcos

6.) Produção de estrume de porco e gestão de resíduos e gestão de resíduos

7.) Perguntas e respostas sobre Porcos

Você tem experiência na criação de porcos? Por favor, compartilhe sua experiência, métodos e práticas nos comentários abaixo.

Todo o conteúdo que você adicionar será revisado brevemente pelos nossos engenheiros agrônomos. Uma vez aprovado, ele será adicionado ao Wikifarmer.com e influenciará positivamente milhares de agricultores novos e experientes em todo o mundo.

Esta publicação também está disponível em: enEnglish arالعربية ruРусский esEspañol

Equipe Editorial do Wikifarmer
Equipe Editorial do Wikifarmer

Wikifarmer é a maior Biblioteca de Agricultura Online Gerada pelo Usuário, que ajuda todos os agricultores em todo o planeta a encontrar informações valiosas sobre suas culturas existentes ou potenciais e criação de gado. O usuário é o único responsável pelo uso, avaliação, análise e utilização de qualquer informação fornecida neste site. Qualquer negócio ou outras decisões tomadas em tais informações é de inteira responsabilidade do usuário e o Wikifarmer.com não é obrigado a cobrir prejuízos decorrentes do uso das informações fornecidas através deste site.

Assine nossa newsletter

Wikifarmer é a maior Biblioteca de Agricultura Online Gerada pelo Usuário, que ajuda todos os agricultores em todo o planeta a encontrar informações valiosas sobre suas culturas existentes ou potenciais e criação de gado. Você pode submeter um artigo novo, editar um artigo existente, adicionar fotos ou vídeos, solicitar um novo artigo, colocar uma questão sobre um assunto relacionado ou apenas desfrutar do acesso gratuito a centenas de guias de cultivo contemporâneos.

FOLLOW US ON